GOSTOU?ME SIGA!!!

O Google está fazendo algumas alterações no Google Friend Connect, agora os seguidores necessitam ter uma Conta do Google para fazer login no Google Friend Connect para seguir os blogs.
Se você que me seguia e não tinha cadastro no Google, por favor faça o seu cadastro e volte a participar da minha lista de seguidores e saibam que senti sim muita falta de vocês! Estou lhes esperando com o maior carinho!

Importante:

Importante:

terça-feira, 4 de setembro de 2012

Iogurte ajuda a queimar gordura


Você sabia que os micro-organismos vivos presentes no iogurte são capazes de melhorar a imunidade, garantir a saúde intestinal e ainda emagrecer e prevenir doenças como câncer?!

E que se você tomar cálcio enriquecido com vitamina D diminui o processo de estoque de gordura, ajudando a combater o ganho de peso e a obesidade?!

A pesquisa, apresentada na conferência Experimental Biology, revelou que o iogurte pode ajudar a aumentar a habilidade de queimar calorias do corpo, tornando mais fácil perder gordura enquanto se mantém o músculo com baixa quantidade de gordura.

O novo estudo, apresentado por Michael Zemel, Ph.D., professor de nutrição da University of Tennessee, descobriu que indivíduos que incluíram o iogurte Yoplait Light como parte da dieta perderam significativamente mais peso comparados com outros que simplesmente reduziram as calorias. As pessoas que comem iogurtes perderam 22% a mais de peso, 61% a mais de gordura corpórea e 81% a mais de gordura abdominal durante o estudo de 12 semanas.

Zemel e colegas da University of Tennessee estudaram o impacto de se acrescentar iogurte na dieta de 34 adultos obesos que foram designados aleatoriamente para um dos 2 grupos de dieta. O grupo do iogurte Yoplait Light consumiu cerca de 1.100 mg de cálcio por dia, que incluiu 3 porções do iogurte. O outro grupo de controle consumiu quase 500 mg de cálcio.

Todos os indivíduos receberam dietas individualizadas que forneciam menos 500 calorias do que o seu consumo normal. O peso do corpo e a pressão sangüínea foram verificados semanalmente e a composição corporal total foi avaliada antes e depois das 12 semanas.

"O iogurte não somente ajudou os participantes do estudo a perder mais peso - a média de perda de peso foi de 5,6 kg como também a efetividade em manter a massa muscular com pouca gordura foi cerca de duas vezes superior," disse Zemel. "Esta é uma questão crítica quando se faz dieta - você quer perder gordura, não músculo. Os músculos ajudam a queimar calorias, mas são comprometidos freqüentemente durante a perda de peso."

Os participantes que incluíram o iogurte Yoplait Light em suas dietas também perderam 81% a mais de gordura na área abdominal, que é o tipo mais perigoso de gordura. "Os indivíduos obesos que têm gordura extra na região abdominal têm maior risco de ter doença cardíaca, diabetes, derrame e alguns tipos de câncer. A dieta rica em cálcio ajudou os participantes a perder mais de uma polegada em torno da cintura comparados com aqueles que consumiram dieta pobre em cálcio.

Em estudos recentes, Zemel descobriu que em uma dieta de redução de calorias, o consumo de cálcio aumenta e o peso e a gordura diminuem. Uma dieta pobre em cálcio parece estimular a produção de enzimas que produzem gorduras e diminui a atividade das enzimas que queimam gordura, disse Zemel. O resultado é que as células ficam cheias de gorduras.


O iogurte natural nada mais é do que o leite sob a ação de duas bactérias específicas: o lactobacilo e o estreptococo. Elas consomem toda a lactose e liberam o ácido lático, substância responsável por coalhar o leite. Assim, apesar de preservar as vitaminas e minerais do leite, o iogurte fica muito mais leve e de fácil digestão.

Segundo a nutricionista Fernanda Machado, do Rio de Janeiro, entre os benefícios do iogurte está a liberação da serotonina, substância responsável pela sensação de prazer. ''Assim, ele diminui a fome, a ansiedade e aquela vontade incontrolável de comer doces fora de hora. Isso ocorre porque o iogurte é rico em vitaminas do complexo B, que melhoram a absorção dos nutrientes e regulam o trânsito intestinal, deixando pele, unhas e cabelos com aspecto muito mais saudável e bonito'', explica a especialista.

O cálcio presente no iogurte (cerca de 120 g em cada 100 ml do produto) é excelente para os ossos e também ajuda a emagrecer. ''É um dos protagonistas da respiração celular. Ou seja, ele aumenta a produção de energia do corpo, acelera o metabolismo e, consequentemente, a queima de gorduras'' diz.

São encontrados muitos tipos de iogurte nas prateleiras dos supermercados. Mas, se sua intenção é sumir com aqueles quilinhos que incomodam, fique atenta! A nutricionista explica que, embora todos sejam igualmente saborosos e nutritivos, o recomendável é optar por aqueles que possuem baixo teor de gordura: o desnatado, o ''0 %'' (isento de gordura), o light (baixo teor de açúcar e gordura) e o tipo ''Activia''
(enriquecido com nutrientes probióticos que estimulam e auxiliam ainda mais o trânsito intestinal). Agora é só escolher o tipo de iogurte mais adequado ao seu paladar e aos seus objetivos.

O iogurte (do turco yoğurt, pronúncia [jɔˈurt], do adjetivo yoğun, "denso" ou "tornar denso") é uma forma de leite em que o açúcar (a lactose) foi transformado em ácido láctico, por fermentação bacteriana. É um líquido espesso, branco e levemente ácido, muito nutritivo e, por essa razão, muitas vezes é servido e mesmo vendido misturado com frutas, chocolate ou outro tipo de adoçante.

O iogurte é um alimento que tem origem nos Balcãs e, tal como outros produtos derivados do leite fermentado, como o leben árabe, o koumis russo, o jugurt turco ou o kefir caucasiano, remontam há milhares de anos.

No entanto, a sua comercialização teve início a partir da constatação feita pelo médico Ilya Ilyich Mechnikov, premiado com o Nobel da Fisiologia ou Medicina em 1908.

O iogurte além de poder aumentar a longevidade, possui outras benéficas propriedades nutricionais, graças aos fermentos lácteos, como o Lactobacillus bulgaricus e o Streptococcus termophilus, aos quais se juntam o leite, depois de homogeneizado e pasteurizado. Devido ao facto de ser obtido mediante fermentação láctea, o iogurte é muito fácil de digerir, o que o torna o produto ideal para pessoas com problemas gastrointestinais. Contudo, não se esgotam aqui os benefícios deste alimento. Por exemplo o seu consumo regula o sistema imunológico, sem esquecer que se trata de uma excelente fonte de cálcio e, como tal, a sua ingestão é uma fonte de ajuda no crescimento das crianças.

No Brasil, o tipo de iogurte mais consumido é o do tipo batido com polpa de morango. Apesar do aumento constante de seu consumo, ainda esta relação é discreta em relações a outros países mais desenvolvidos. Geralmente, são consumidos pelas suas características de sabor e não pelo potencial efeito benéfico nutricional ou terapêutico.


Iogurte e seus benefícios

*Os iogurtes são importantes fontes de proteínas, cálcio, zinco, vitamina A e vitaminas do Complexo B.

*As proteínas são necessárias na construção, reparação e renovação dos tecidos do corpo, incluindo pele, unhas e cabelos. Participam da produção de anticorpos, hormônios e enzimas.

*O cálcio é um mineral fundamental na formação e manutenção dos ossos, dentes e unhas, além de participar das contrações musculares.

*O zinco aumenta a ação de enzimas que combatem os radicais livres, fortalece o sistema imunológico, retarda o envelhecimento e favorece o crescimento e fortalecimento dos cabelos.

*A vitamina A tem papel fundamental na saúde da visão e da pele. É uma vitamina que restaura e constrói novos tecidos, auxilia no tratamento de abcessos, furúnculos, acne e queda de cabelos.

*As vitaminas do complexo B participam do metabolismo de proteínas, lipídeos e carboidratos, têm papel importante na produção de energia, oxigenação das células, produção de neurotransmissores e funções neurológicas normais.

FONTE

Emedix

DEolhos

Wikipédia

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Que bom que você veio me visitar! Volte sempre!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS POPULARES