GOSTOU?ME SIGA!!!

O Google está fazendo algumas alterações no Google Friend Connect, agora os seguidores necessitam ter uma Conta do Google para fazer login no Google Friend Connect para seguir os blogs.
Se você que me seguia e não tinha cadastro no Google, por favor faça o seu cadastro e volte a participar da minha lista de seguidores e saibam que senti sim muita falta de vocês! Estou lhes esperando com o maior carinho!

Importante:

Importante:

quarta-feira, 28 de maio de 2014

Xarope para Limpeza de Catarros nos Pulmões

Se voce levar a receita na Farmacia de manipulação eles farão pra voce. Mas, se voce optar por fazer em casa compre os Extratos Fluidos na Farmácia e depois pode misturar no mel, simplesmente. 
 Xarope para Limpeza de Catarros nos Pulmões (Bronquite e Asma)

Alcaçuz  cascas   5g
Hortelã   folhas    5g           
Guaco    folhas    5g               
Limão ralado        2g
Manga    folhas    2g 
Angico em cascas 2g
             
Colocar as ervas em 200ml de água mineral e 1 xicara de açucar.
Deixar apurar até um xarope com calda fina. Coar. Deixar esfriar
Deixar esfriar e guardar em frasco âmbar bem tampado lavado, esterilizado e seco.

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Mel e Canela um santo remédio

Qual é o único alimento que não estraga? O mel de abelhas. 

A mistura de Mel e Canela cura a maioria das doenças. O mel é produzido em quase todos os países do mundo. Apesar de ser doce, a ciência demonstrou que, tomado em doses normais como medicamento, o mel não faz mal aos diabéticos.

A revista "Weekly World New" do Canadá, na sua edição de 17 de Janeiro de 1995, publicou uma lista das doenças que são curadas pelo mel misturado com Canela.

DOENÇAS DO CORAÇÃO. 

Faça uma pasta de mel com canela. Coloque no pão e coma-o regularmente

no café da manhã no lugar de manteiga e geléia . 

Reduz o colesterol nas artérias e previne problemas no coração. Também previne novos enfartos nas pessoas que já tiveram um antes. 

O uso regular deste processo diminui a falta de ar e fortalece as batidas do coração. Nos Estados Unidos e Canadá, se utiliza esta pasta continuamente nos asilos, descobriu-se que o mel com canela revitaliza as artérias e veias dos pacientes idosos e as limpa.


PICADAS DE INSETOS: 

Misture uma colherzinha de mel, duas colherzinhas de água morna e uma colherzinha de canela em pó. Faça uma pasta com os ingredientes e esfregue-a suavemente sobre a picada. A dor e a coceira irão desaparecer em um ou dois minutos.


ARTRITE
Misturar uma xícara de água quente com duas colheradas de mel e uma colherzinha de canela em pó. 

Beber uma de manhã e uma de noite. Se tomar com freqüência pode até curara artrite crônica. Numa pesquisa feita na Universidade de Kopenhagen os médicos deram aos seus

pacientes diariamente, antes do café da manhã, uma colherada e mel e 1/2 de canela em pó. Em uma semana, de 200 pacientes que seguiram o tratamento, 75 deixaram de ter dor inteiramente. 

Um mês depois todos os pacientes estavam livres da dor, mesmo aqueles que quase não conseguiam caminhar.


PERDA DE CABELO:

Os que sofrem de calvície ou estão perdendo o cabelo, podem aplicar uma pasta de azeite de oliva o más quente que resistir, uma colherada de mel e uma colherzinha de canela em pó no couro cabeludo. 

Deixar por 15 minutos antes de lavar. Foi comprovado que é eficiente mesmo quem deixar a pasta na sua cabeça somente 5 minutos.

INFECÇÕES DE RINS: 

Um copo de água morna misturada com duas colheradas de canela em pó e

uma colherada de mel, mata os germens que produzem infecção nos rins. Tomar

de manhã e de tarde até que a infecção acabe.

COLESTEROL:

Duas colheradas de mel com três colherzinhas de canela misturados em meio litro de água. Deve tomar-se 3 vezes ao dia, isto reduz o colesterol em 10% em 2 horas... Tomado diariamente elimina o colesterol completamente.

RESFRIADOS 

Para curar completamente sinusites, tosse crônica e resfriados comuns ou severos, misturar uma colherada de mel morno com 1/4 colherada de canela em pó e tomar com freqüência. 

A mistura de mel com canela também alivia os gases no estômago, fortalece o sistema de imunidade, e alivia a indigestão.

VELHICE: 

Também evita os estragos da idade quando se toma regularmente .Misture 4 colheradas de mel, uma colherada de canela e três xícaras de água.

Ferva para fazer um chá com estes ingredientes e beba 1/4 de xícara, três ou quatro vezes ao dia. Mantém a pele fresca e suave, e diminui os sintomas da idade avançada. Beber este chá alonga a vida e até uma pessoa de 100 anos pode melhorar muito e se sentir como alguém muito mais jovem.



Como emagrecer com mel e canela?


 Combine uma colher de chá de mel com meia colher de chá de pó canela em um copo de água a ferver. Após a mistura ferver, filtrá-la em outro copo. Divida a mistura em duas quantidades; meio copo para ser consumido uma hora e meia antes do café da manhã e meio copo para beber meia hora antes de ir dormir à noite. Alguns proponentes recomendam adicionar mel apenas depois de fervida a água para reter os nutrientes e, portanto, os benefícios.
Seguindo este regime, sugere-se que a pessoa que faz dieta pode perder mais de 1Kg dentro de uma semana sem mudar nada nos seus hábitos alimentares.

DOR DE GARGANTA 

Tome de quatro em quatro horas uma colherada de mel misturada com meia colher de vinagre de maçã. 

www.ternuma.com.br/melcanela.htm

segunda-feira, 19 de maio de 2014

Como fazer o Suco da Luz do Sol

http://youtu.be/kxQPpRYK4PE
Como fazer o Suco da Luz do Sol

quarta-feira, 7 de maio de 2014

Exercite seus olhos e abandone seus óculos

http://youtu.be/VZQhWvx4bjg

O método do Dr. William Horatio Bates visa fortalecer os músculos do globo ocular para que eles cumpram perfeitamente sua função, trazendo como resultado a restituição da capacidade de visão. Consiste em exercícios simples, que devem ser praticados regularmente, servindo tanto para recuperar como para manter a boa visão.

Segundo Dr. Bates, a capacidade de focar objetos não é proporcionada apenas pelo cristalino, como acreditam os oftalmologistas tradicionais, mas também pela ação de músculos, que determinam o formato e a posição de todo o globo ocular e, conseqüentemente, do cristalino.

O método proporciona uma melhoria substancial da visão, o que jamais foi promovido pelo uso lentes. É indicado a todos os problemas de refração da vista (exceto quando há degeneração, infecção ou lesão no globo ocular), sendo muito eficaz nos problemas comuns, como miopia, astigmatismo, hipermetropia e presbiopia. As crianças também podem fazer os exercícios.

Veja abaixo o relato de uma pessoa que utilizou o método
"Conheci o método Bates por acaso pela internet, comprei o livro “Como enxergar bem”, de Dr. Matheus de Souza, e passei a praticá-lo. Depois que passei a praticar os exercícios, retirei os óculos. Mas, como não tenho  tempo, parei os exercícios, e voltei a usar óculos.

Ou seja, o método funciona, mas você não pode parar de praticá-lo."(
Laércio Lutibergue é professor, revisor de texto, escritor e consultor linguístico.)

Vamos aos exercícios do método Bates.

Espero que eles sejam úteis a você!


1. Empalmação

Este exercício promove o relaxamento dos nervos sensoriais, livrando da tensão física e mental.

Sente-se com os cotovelos apoiados em algum local (uma mesa ou escrivaninha). Mantenha nuca e coluna eretas, confortáveis e relaxadas. Cubra os olhos com a palma das mãos em concha sem tocar os olhos, eliminando toda a luz. Se o exercício for feito corretamente, você sentirá seus olhos como veludo negro, livres de cores e imagens. Quanto mais relaxado você estiver, maior o grau de escuridão. Não conseguir escuridão total significa que você ainda não está plenamente relaxado. Quanto mais escuro você perceber, maior o seu grau de relaxamento mental. Isso pode ocorrer em cinco ou dez minutos.

O exercício é benéfico a todos, sobretudo a quem passa o dia com os olhos concentrados, e pode ser feito diversas vezes ao dia.

Depois de tirar as mãos dos olhos, pode-se ver com mais nitidez os objetos que nos rodeiam.

2. Relaxamento


Feche os olhos e tampe-os com um manto preto ou escuro. Pense num objeto em movimento contínuo, como uma bola quicando ou numa hélice de ventilador. Mantenha-se com o corpo em repouso por volta de cinco minutos ou quanto tempo você puder manter-se em total concentração nessa posição. Após os cinco minutos ou mais, fique na mesma posição e mentalize a escuridão total. Tente só ver o preto por aproximadamente cinco minutos ou mais.

3. Luminosidade

Sentado, relaxadamente mire o sol com os olhos fechados. Quando suas pálpebras amornarem com o calor, vire a cabeça lentamente para os lados e volte à posição inicial por alguns minutos.

4. Piscamento
Após os exercícios de relaxamento, pisque contínua e suavemente por pelo menos cinco minutos.

5. Visualização 

Olhe ao seu redor e mire qualquer objeto que esteja a uma distância de pelo menos três metros de você. Procure pormenores. Por exemplo: veja o guarda-roupa; depois se detenha na porta dele; procure o puxador; depois a fechadura; e por último o buraco desta fechadura. Mesmo não podendo vê-los, procure-os e veja-os mentalmente como você sabe que eles são. Tente repetir a visão do mesmo objeto seguidamente por vários dias. Escolha por dia pelo menos três objetos para procurar detalhes.

6. Focalização

Coloque um objeto bem próximo a você e procure outro que esteja pelo menos a seis metros de sua distância. Ele deve ser de um tamanho confortável a sua visão. Focalize o primeiro por alguns segundos, depois focalize o outro por mais alguns segundos. Faça isso várias vezes, sempre num movimento contínuo e constante.

7. Imagem inversa

Sente-se numa cadeira giratória, rode-a para o lado direito e olhe para o lado esquerdo, lentamente e alternando a direção. Se não tiver uma cadeira giratória, rode seu corpo sobre seus calcanhares ou ande de costas pela casa. Faça este exercício por alguns minutos.

8. Rotação

Gire os olhos buscando as extremidades num movimento contínuo e lento. Após algumas voltas, mude a rotação para o lado oposto. Faça este exercício por alguns minutos.

9. Extremidades 


Como uma bússola, leve os olhos para o norte, depois para o sul, leste, oeste, nordeste, sudeste, noroeste e sudoeste. Como os exercícios anteriores, faça os movimentos lenta e continuamente por alguns minutos.

10. Leitura de cima para baixo

Este exercício desenvolve o hábito de mover os olhos e dar-lhes fixação central.

Segure o livro de cabeça para baixo a 35 centímetros de distância. Começando do canto direito inferior, leia da direita para a esquerda; leia cada palavra individualmente e, as palavras extensas que não possam ser lidas de um relance, leia sílaba por sílaba. Cada palavra deve ser lida com os olhos e não adivinhada pelo sentido. Se apenas um dos olhos estiver afetado, tape a vista boa com uma venda e exercite a vista afetada.


11. Leitura de tipos miúdos

Tente ler textos com tamanho de fonte menor. A vista perfeitamente normal consegue ler o tipo 8 a uma distância de 15 centímetros do olho e o tipo 12 tanto a 15 como a 50 centímetros de distância.

Dicas para quem fica muito tempo ao monitor
  • Faça descansos periódicos (empalmar).
  • Pisque voluntariamente por três minutos, abrindo e fechando os olhos.
  • Posicione o monitor na mesma altura dos olhos a uma distância de 50 centímetros.
  • Tente minimizar os reflexos na tela alterando a posição do monitor ou das luzes, para que não incidam sobre os olhos.
  • Verifique a iluminação na sala de trabalho para diminuir o esforço visual.

terça-feira, 6 de maio de 2014

Super suco emagrecedor


Receita Super suco emagrecedor
 Super suco emagrecedor

1 pepino

1 maçã

1 beterraba pequena

1 cenoura

Alternar folhas (couve, rúcula, agrião, alface, repolho e acelga) Pode ser 3 tipos, cerca de 3 folhas de cada.

1 pedacinho de gengibre

Sementes germinadas aveia ou gergelim ou castanhas hidratadas (nozes, amêndoas, castanha do Pará, semente de linhaça)

3 gotas de adoçante



  • Bata todos os ingredientes no liquidificador por volta de 4 minutos. Se puder beba sem coar por causa das fibras.

  • O ideal é que se beba dois copos pela manhã e dois copos no jantar.

domingo, 4 de maio de 2014

Biomassa de banana verde






biomassa de banana verde -Saudável e fácil de fazer
Verde que te quero

Descobertas recentes mostram a eficiência de frutos não amadurecidos na produção de suplementos

Aprenda a preparar a biomassa de banana verde, que é pouco calórica e ajuda na proteção da mucosa gástrica

30/09/2013 | 09h01
Descobertas recentes mostram a eficiência de frutos não amadurecidos na produção de suplementos reprodução/reprodução
Foto: reprodução / reprodução
Morder uma fruta madura proporciona uma sensação única, suculenta, doce. Mas não são somente as maduras que fazem bem. Estudos revelam que algumas podem dar origem a suplementos alimentares poderosos, se processadas verdes. É o caso da banana. Cozida e triturada, ela dá origem à biomassa de banana verde, que apresenta alto teor de amido, pouco açúcar e muito amido resistente – que atua no organismo de maneira similar às fibras. Em termos de sabor, pode até ser que uma fruta suculenta e bem madurinha seja imbatível. Mas em matéria de benefício, arrancá-la do pé antes da hora pode ser um achado.

A biomassa produzida com banana verde é pouco calórica e ajuda na proteção da mucosa gástrica. Outro dado interessante é que a biomassa serve como alimento para as bactérias benéficas ( probióticos) que estão presentes em nosso intestino e nos ajudam a eliminar toxinas e absorver os nutrientes que ingerimos com a alimentação.

Por auxiliar o trânsito intestinal, a biomassa também contribui para eliminar toxinas e pode até ajudar na prevenção de doenças como o câncer de intestino. Como tem baixo índice glicêmico, torna a digestão e a liberação de glicose no sangue mais lentas, o que contribui para prevenir a diabetes e reduzir o acúmulo de gordura corporal.

Além disso, possui uma série de vitaminas, incluindo as do Complexo B, que aumentam a energia e a disposição ao longo do dia. Por contribuir para a redução do colesterol e aumentar a sensação de saciedade por um longo período após as refeições, a biomassa de banana também é indicada como auxiliar nos programas de redução de peso.

Os nutricionistas recomendam o consumo de uma a duas colheres de sopa de biomassa por dia. Cada porção contém apenas 15 calorias e o produto é naturalmente livre de glúten – boa notícia para quem sofre de doença celíaca e é intolerante à proteína.

Mas e o gosto dessa maravilha toda? Segundo os especialistas, não é bom. Nem ruim. De acordo com a culinarista funcional Lidiane Barbosa, por não ter gosto, a biomassa pode ser incorporada a uma infinidade de pratos, substituindo ingredientes como leite condensado, creme de leite, maionese e leite.

Sem gosto e sem cheiro, entra bem em doces e salgados, para qualquer refeição. E também pode ser usada como espessante em mingaus, ensopados, musses. Até em sucos e vitaminas, dizem os nutricionisas, a biomassa se encaixa.

O que vai determinar o sabor serão os condimentos adicionados à receita. Basta usar a criatividade para colocar a banana no estrogonofe, no cozido, na sopa, no bolo ou no que mais o apetite mandar.

Café? Verdinho, por favor
Os adeptos da bebida dizem com propriedade: cafezinho salva, revigora, rejuvenesce. E justamente nos momentos em que mais se precisa dele. Pesquisas recentes, no entanto, têm mostrado que algo pode ser mais poderoso do que o café como o consumimos. A mesma fruta que origina a nossa bebida, só que verde e sem ter passado pelo processo de torragem, apresenta uma série de benefícios para a saúde, em escala muito mais alta do que na versão madura e fumegante na xícara.

Pesquisas da Universidade de Scranton, nos Estados Unidos, provaram que a ingestão diária de cápsulas de café verde ajudaram um grupo de obesos a perder até 10% de seu peso em seis meses. A gordura corporal também foi reduzida em 16% no período.
O estudo foi apenas mais um motivo de entusiasmo para aqueles que já viam o potencial da fruta como suplemento nutricional.

A perda de peso está relacionada a uma substância presente em concentrações até duas vezes maiores no grão de café verde. O milagre é o ácido clorogênico, que diminui a absorção de glicose no intestino, inibindo a enzima glicose- 6- fosfatase, responsável pela liberação de açúcares do fígado na corrente sanguínea.

A cafeína, presente em concentrações mais altas na versão verde, também contribui para acelerar o metabolismo e ajudar na perda de peso. E, melhor de todas as novidades, o café verde é rico em antioxidantes, que ajudam a retardar o processo de envelhecimento das células.

Por ter um gosto amargo e um aroma pouco agradável, o café verde passa longe das xícaras. É consumido mesmo em cápsulas.

Saudável e fácil de fazer


Cozida e triturada, ela dá origem à biomassa de banana verde, que apresenta alto teor de amido, pouco açúcar e muito amido resistente – que atua no organismo de maneira similar às fibras. 

A biomassa produzida com banana verde é pouco calórica e ajuda na proteção da mucosa gástrica. Outro dado interessante é que a biomassa serve como alimento para as bactérias benéficas ( probióticos) que estão presentes em nosso intestino e nos ajudam a eliminar toxinas e absorver os nutrientes que ingerimos com a alimentação.

Por auxiliar o trânsito intestinal, a biomassa também contribui para eliminar toxinas e pode até ajudar na prevenção de doenças como o câncer de intestino. Como tem baixo índice glicêmico, torna a digestão e a liberação de glicose no sangue mais lentas, o que contribui para prevenir a diabetes e reduzir o acúmulo de gordura corporal.

Além disso, possui uma série de vitaminas, incluindo as do Complexo B, que aumentam a energia e a disposição ao longo do dia. Por contribuir para a redução do colesterol e aumentar a sensação de saciedade por um longo período após as refeições, a biomassa de banana também é indicada como auxiliar nos programas de redução de peso


A culinarista funcional Lidiane Barbosa ensina como  preparar a Biomassa de Banana Verde:
- Tire as bananas uma a uma do cacho, cuidando para que o corte seja bem rente. Mas atenção: nenhuma parte interna deve ficar exposta, para que não sofra contaminação no momento do cozimento

- Lave uma a uma com água e sabão. Não esqueça de enxaguar bem

- Coloque água até a metade de uma panela de pressão e deixe ferver

- Quando estiver fervendo, coloque as bananas. É muito importante a água estar fervendo, pois esse choque térmico faz parte do processo

- Antes de tampar a panela, certifique- se de que a água seja suficiente para deixar as bananas “ cobertas”. Quando começar a ouvir o barulho da pressão, abaixe o fogo, conte oito minutos e desligue. Deixe que a pressão toda saia naturalmente da panela, não acelere o processo e não abra a panela.

- Quando não houver mais vapor, destampe a panela e descasque as bananas. Tenha cuidado, elas estarão quentes. A temperatura alta é importante para facilitar o processo.

- Bata as bananas no liquidificador. Se necessário, acrescente um pouco de água para formar uma pasta. É isso. Sua biomassa está pronta.

Os nutricionistas recomendam o consumo de uma a duas colheres de sopa de biomassa por dia. Cada porção contém apenas 15 calorias e o produto é naturalmente livre de glúten – boa notícia para quem sofre de doença celíaca e é intolerante à proteína.

Dicas importantes
- A biomassa pode ser guardada por até seis meses no congelador. Congele em pequenas porções e vá descongelando conforme a sua necessidade.

- Na geladeira, o ideal é consumir em até três dias ¦ Qualquer tipo de banana pode ser utilizada para fabricar a biomassa. Desde que esteja verde, é claro.

- As bananas verdes encontradas em supermercados costumam sofrer um processo de aclimatização em uma estufa, para que amadureçam mais rápido e estejam prontas para o consumo. Por isso, é melhor utilizar a banana verde retirada do cacho e que foi direto para sua cozinha. Sendo assim, o melhor lugar para comprar a banana é na feira
.

Por não ter gosto, a biomassa pode ser incorporada a uma infinidade de pratos, substituindo ingredientes como leite condensado, creme de leite, maionese e leite.

Sem gosto e sem cheiro, entra bem em doces e salgados, para qualquer refeição. E também pode ser usada como espessante em mingaus, ensopados, musses. Até em sucos e vitaminas, dizem os nutricionistas, a biomassa se encaixa.

O que vai determinar o sabor serão os condimentos adicionados à receita. Basta usar a criatividade para colocar a banana no estrogonofe, no cozido, na sopa, no bolo ou no que mais o apetite mandar. 



Descobertas recentes mostram a eficiência de frutos não amadurecidos na produção de suplementos reprodução/reprodução
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS POPULARES