GOSTOU?ME SIGA!!!

O Google está fazendo algumas alterações no Google Friend Connect, agora os seguidores necessitam ter uma Conta do Google para fazer login no Google Friend Connect para seguir os blogs.
Se você que me seguia e não tinha cadastro no Google, por favor faça o seu cadastro e volte a participar da minha lista de seguidores e saibam que senti sim muita falta de vocês! Estou lhes esperando com o maior carinho!

Importante:

Importante:

quinta-feira, 30 de julho de 2015

Antisséptico bucal para o tratamento da gengivite



O cravo tem substâncias que, para além da aromatização, podem atuar como antisséptico, anestésico e anti inflamatório. Hoje veremos como fazer um antisséptico bucal para o tratamento da gengivite.


Cravo da ìndia
Você vai precisar de:
Uma xícara de chá de água
Uma colher de sopa de cravos
Modo de Preparo:

Ferva a água e acrescente o cravo. Deixe descansar por dez minutos e, depois disso, coe.
Posologia

Faça bochechos com o antisséptico morno duas a quatro vezes ao dia.
Precauções

Em excesso, pode ter ação tóxica ou irrtante.

terça-feira, 28 de julho de 2015

Como tratar aftas na boca



Estomatite Aftosa é um nome dado as famosas aftas que aparecem na cavidade boca (incluindo gengivas, lábios, língua etc). Embora as aftas na boca tenham causas diversas e não exista cura definitiva, é muito comum procurar alívio para estas feridas. Neste caso, o chá de segurelha, utilizado como gargarejo ou bochecho, pode ajudar.

Em caso constantes de aftas, convém evitar alimentos ácidos ou picantes, incluindo frutas, molhos, temperos etc. Também é interessante utilizar pastas de dentes mais caras, que auxiliam na limpeza.

Uma colher de sopa de folhas secas de segurelha
Uma xícara de chá de água
Modo de Preparo:

Primeiramente, ferva a água e, em seguida despeje na xícara com a segurelha. Deixe abafado por mais ou menos quinze minutos e, então, coe.
Posologia

Bocheche o chá cinco vezes ao dia enquanto tiver com as inflamações.

domingo, 26 de julho de 2015

Remédio caseiro para rinite



Além dos espirros, a rinite também causa coriza, coceira no nariz e congestão nasal. Isso acontece quando há uma inflamação da mucosa, provocada por agentes alergênicos, bactéria ou vírus.

O principal causador desse tipo de reação é o ácaro, um aracnídeo minúsculo, cujos excrementos provocam a alergia. Os ácaros são encontrados em colchões, almofadas, travesseiros, roupas de cama, tapetes e bichinhos de pelúcia. Por isso, uma boa forma de evitar a rinite alérgica é manter esses itens sempre limpos e os ambientes bem arejados.

A hortelã também pode ajudar a reduzir os sintomas da rinite alérgica. A erva atua no sistema respiratório, atenuando a inflamação da mucosa nasal. Por isso, o uso da hortelã pode inibir a coriza e acabar com os espirros causados pela rinite. O remédio que ensinamos logo abaixo é um ótimo tratamento para esses sintomas. Veja como preparar.


Conheça os efeitos da hortelã no tratamento da rinite alérgica
Você vai precisar de:
1 punhado de folhas de hortelã
1/2 litro de água
Modo de Preparo:

Com a ajuda de um almofariz, esmague as folhas até que elas liberem um sumo verde escuro. Depois acrescente a água na pasta de hortelã e leve ao fogo até que levante fervura.
Posologia

Com a mistura ainda quente, aspire o vapor da hortelã. Para facilitar o processo, faça um funil de papel para aspirar o vapor através dele. Use a receita sempre que sentir os sintomas da rinite incomodando.
Cuidado

O vapor quente pode queimar a pele. Evite se aproximar muito do recipiente e espere a mistura esfriar um pouco antes de utilizar.

quinta-feira, 23 de julho de 2015

Descongestionante Nasal Caseiro


Diferentemente do que algumas pessoas pensam, a congestão nasal não é causada pelo acúmulo de muco nas vias respiratórias. A dificuldade para respirar ocorre quando as paredes esponjosas que revertem o nariz estão inchadas. Esse inchaço se deve a uma reação do próprio organismo, que tenta eliminar os corpos estranhos que irritam o nariz.

A congestão é um problema bastante incômodo. Por isso, existem muitas pessoas que são viciadas em descongestionantes nasais. O nariz fica entupido constantemente e elas só sentem alívio depois que usam o medicamento. É importante salientar que o descongestionante nasal, além de viciar, também agrava a congestão quando utilizado com frequência.

Para você que sofre com o nariz entupido, veja como preparar um descongestionante nasal caseiro, feito com a buchinha paulista. A mistura ajuda contrair as veias que irrigam o nariz, facilitando a passagem do ar. Anote os ingredientes.


Buchinhas do norte ou paulista

Você vai precisar de:
1 buchinha paulista (também conhecida como buchinha do norte ou cabacinha)
1 copo de água filtrada
Modo de Preparo:

Corte a buchinha em quatro partes e mergulhe no copo d’água. Deixe de molho durante uma noite e coe no outro dia. Guarde o descongestionante caseiro em um conta gotas para facilitar aplicação.
Posologia

Pingue 1 gota da mistura no nariz e respirar profundamente. Repetir o processo sempre o nariz estiver entupido.
Cuidados

A buchinha paulista é uma planta tóxica, considerada pela tradição popular como abortiva. Por isso, é muito importante não beber o chá. Em casos de gravidez, evite utilizar este tratamento.

terça-feira, 21 de julho de 2015

Sinusite tratamento caseiro


A sinusite é uma inflamação na mucosa dos seios da face. O aparecimento da inflamação normalmente está relacionado com outras doenças, como gripes, resfriados ou processos alérgicos. Esses problemas facilitam a entrada de corpos estranhos nos seios da face, contribuindo para o processo inflamatório. Entre os sintoma da sinusite estão: as dores de cabeça, principalmente na maçãs do rosto e na testa, secreção nasal, tosse e febre.

Para amenizar esses sintomas, você pode usar a buchinha paulista, também conhecida como buchinha do norte. No entanto, como a planta possui substâncias tóxicas, não se deve tomar o chá, mas apenas fazer uma inalação. Veja como preparar o tratamento. 

Tratamento para os sintomas da sinusite
Você vai precisar de:
1 buchinha paulista
1 copo (250 ml) de água
Modo de Preparo:

Em um caneco, leve a água e a buchinha paulista ao fogo. Quando levantar fervura, desligue e espere esfriar um pouco antes de fazer a inalação.
Posologia

Você pode fazer a inalação 2 vezes ao dia ou quando os sintomas estiverem incomodando mais. Cubra o caneco com um pano de prato limpo, deixando apenas um pequeno buraco para inalar o vapor produzido pela mistura. Faça isso por alguns minutos, enquanto o chá ainda estiver quente.
Cuidados

A buchinha paulista é uma planta tóxica, considerada pela tradição popular como abortiva. Por isso, é muito importante não beber o chá. Em casos de gravidez, evite utilizar este tratamento.
 

domingo, 19 de julho de 2015

Chá calmante

Não devemos confundir a erva cidreira (melissa ou citronela) como o capim limão (falsa erva cidreira ou capim cidreira). Embora os efeitos das plantas sejam semelhantes, o chá calmante é a base da erva cidreira (abaixo na foto).


Erva Cidreira
Você vai precisar de:
Uma colher de sobremesa de folhas e ramos de erva cidreira picados,
Uma xícara de chá de água
Modo de Preparo:

Ferva a água, desligue o fogo e coloque as folhas e ramos de erva cidreira. Tape e deixe abafado por 10 minutos.
Posologia

Tomar uma xícara do chá três vezes ao dia.
Outras dicas

O chá de erva cidreira também é um bom analgésico e podem auxiliar a curar dores de cabeça.

sexta-feira, 17 de julho de 2015

Gargarejo Para Garganta Inflamada

O chá de folha de goiabeira é indicado para tratar a dor de garganta. As folhas têm função adstringente e analgésica, ajudando a combater a inflamação. O sal limpa e o mel é um antibiótico natural. Por isso, a junção dos ingredientes é bastante eficaz no tratamento da garganta inflamada. Anote os ingredientes e veja como preparar corretamente o gargarejo.

1/2 litro de água
6 folhas frescas de goiabeira
2 colheres (sopa) de mel
1 colher (café) de sal
Modo de Preparo:

Coloque a água para ferver. Assim que começar a borbulhar, junte as folhas de goiabeira, desligue e tampe. Mantenha abafado por 3 minutos, coe e misture os demais ingredientes.
Posologia

Faça gargarejos com o chá morno a cada 4 horas, enquanto mantiver o quadro infeccioso.

quarta-feira, 15 de julho de 2015

Enxaguante Bucal Caseiro


Manter o hálito fresco e combater microrganismos é fácil, basta preparar um enxaguante  bucal em casa, usando ingredientes  naturais. A receita abaixo, além de promover refrescância, conta com substâncias capazes de combater as bactérias presentes na boca.
 
 Enxaguante Bucal Caseiro
200 ml de água filtrada
1 colher (sopa) de cravos da índia
7 gotas de extrato de própolis
5 gotas de óleo essencial de hortelã
5 gotas de óleo essencial de malaleuca (tea tree)

Os óleos essenciais podem ser encontrados em lojas de produtos naturais ou especializadas em aromaterapia. É importante não confundir o óleo essencial com a essência, que não contém as mesmas propriedades ativas.
Modo de Preparo:

Antes de tudo, você deve preparar um chá bem forte com o cravo da índia. Esse chá será a base do seu enxaguante bucal, lembrando que o cravo é um ótimo bactericida natural. Para tanto, você deve colocar os cravos na água e levar ao fogo. Quando começar a ferver, abaixe o fogo e deixe cozinhando por cerca de 5 minutos. Depois desligue, tampe e deixe esfriar naturalmente. Depois que o chá estiver bem frio, coe e acrescente os demais ingredientes. Agite bem e guarde em uma garrafinha limpa e com tampa. O produto pode ser armazenado por até 15 dias.
Posologia

O uso do enxaguante bucal natural é o mesmo dos enxaguantes bucais comuns. Coloque um copinho próximo da pia do banheiro e, após a escovação, encha a boca com um pouco da mistura. Faça bochechos constantes por pelos menos 30 segundos e cuspa o enxaguante. Após o procedimento, não enxágue com água para não remover o que ficou dos ingredientes de limpeza.

quarta-feira, 8 de julho de 2015

Maneiras de definir a barriga sem fazer abdominais





"Existem outras maneiras de definir o abdômen, ganhando tônus e alcançando a hipertrofia dos músculos sem fazer abdominais
", afirma o professor Diogo Cestari de Aquino, especialista em fisiologia do exercício e reabilitação cardíaca. É importante ressaltar que não existe um único exercício capaz de realizar esse objetivo. Para tonificar o abdômen, é

segunda-feira, 6 de julho de 2015

4 abdominais que deixam a sua barriga definida


É preciso fortificar todos os músculos da região para ficar com um legítimo "tanque"
Para ficar com a barriga definida basta fazer abdominais, certo? Errado. Antes, é preciso acabar com a camada de gordura que se acumulou na parte abdominal, chamada gordura central. "O abdominal busca o fortalecimento e a tonificação dos músculos, e não queimar calorias. Quem começa a fazer esse exercício buscando perder peso, está perdendo

sábado, 4 de julho de 2015

Creatina favorece a hipertrofia muscular



Ele faz com que a pessoa tenha mais energia e consiga manter o ritmo do exercício por mais tempo.
A creatina é um aminoácido e está presente tanto nos alimentos de origem animal quanto no organismo humano, que o produz. A maior reserva de creatina do organismo está nos

quinta-feira, 2 de julho de 2015

Gengibre contra gripes, tosses, resfriados etc

O chá de gengibre, feito com pedaços do rizoma fresco fervido em água, é usado no tratamento contra gripes, tosses, resfriados, dores de garganta, cólicas menstruais, enjoos, náuseas e má circulação sanguínea. Banhos e compressas quentes de gengibre são indicados para aliviar os sintomas de gota, artrite, dores musculares, de cabeça e na coluna.

O gengibre já é reconhecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) por suas propriedades terapêuticas digestivas, sendo utilizado, inclusive, para ajudar na digestão de alimentos gordurosos.

O uso do chá de gengibre, do gengibre cru ou cristalizado pode ser contra indicado em casos de irritação da mucosa da boca e em outras membranas mucosas. No Japão, massagens com o óleo de gengibre são tratamentos tradicionais e famosos para problemas na coluna e nas articulações.

O gengibre pode ser muito utilizado na culinária como condimento. Ele possui um sabor picante, e pode ser colocado tanto em pratos salgados como em pratos quentes.

A seguir, um exemplo de como se utilizar o gengibre na culinária:


Bolo de gengibre e noz - moscada

Ingredientes: 1 colher (sopa) de gengibre moído, 1 colher (chá) de noz - moscada ralada, 250 gramas de manteiga, 250 gramas de açúcar mascavo, 375 gramas de farinha de trigo, 2 colheres (chá) de bicarbonato, 1 ovo batido, 300 ml de leite.

Modo de preparar: Derreta a manteiga e o açúcar. Deixe esfriar um pouco. Peneire os outros ingredientes secos numa vasilha, junte o ovo, o leite e adicione à mistura de manteiga e açúcar, batendo bem. Despeje em uma forma untada e asse a 170 graus por cerca de 1 hora e meia. Desenforme e deixe esfriar.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

POSTAGENS POPULARES